segunda-feira, 17 de junho de 2024

A água é nossa mãe

Lendo alguns artigos poéticos de um querido amigo, me deparei com essa bela e verdadeira frase: “Não devemos sujar a água. A água é nossa mãe!”

A frase curta e tão profunda foi um ensinamento que meu amigo recebeu de sua mãe e de tão potente, ele a carregou até os dias de hoje, ultrapassando já mais de meio século de vida. Uma frase que me sensibilizou não só pelo contexto, mas também por saber que existem pessoas (e sempre existirão) que não só entendem o verdadeiro valor da água como também o transmitem para outras pessoas.

Os rios, além de cursos naturais de água, são ecossistemas importantíssimos que alimentam outros ecossistemas, nos quais o ser humano está inserido. O grande gênio Leonardo da Vinci já comparava os rios da terra com as veias do corpo humano, associando um valor de igual importância para ambos.

A água é utilizada por várias religiões em seus rituais espirituais, como um elemento sagrado, que na verdade o é pelo fato de suprir a vida de todos os seres viventes neste planeta.

Cerca de 97,5% da água do mundo está nos oceanos. Dos 2,5% da água que sobram, 22,7% são águas subterrâneas. São essas águas doces que alimentam os rios que por sua vez se distribuem pelas bacias hidrográficas e alimentam as criaturas dos reinos vegetal e animal do nosso habitat.

Segundo estudos, o Brasil é o país que possui o maior volume de água subterrânea no mundo. Essas águas estão armazenadas na abrangência do Cerrado. São aquíferos que foram se formando ao longo de quarenta e cinco milhões de anos e são eles os provedores de muitos e importantes rios brasileiros.

Para entendermos melhor sobre esse assunto, produzimos, em parceria com o Instituto Altair Sales, um documentário curta-metragem com o título: AS ÁGUAS QUE BROTAM DO CERRADO, que mostra a engrenagem que o Cerrado movimenta para distribuir suas águas subterrâneas para as grandes bacias hidrográficas da América do Sul.

No dia 22 de março se comemora o Dia Mundial da Água. Sendo assim, segue o link aqui do filme para uma pequena sessão de cinema:

Preparem a pipoca e chamem todos para assistir!

Fotos: Eliane de Castro

Avatar

Este post foi escrito por: Eliane de Castro

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

Deixe uma resposta