sábado, 18 de maio de 2024

A moda homemeeting de Ricardo Almeida

 

Enquanto, no período do lockdown pandêmico, juízes, advogados e muitos profissionais liberais desavisados faziam audiências virtuais de camisa, gravata e samba-canção – depois eram pegos com o desmonte fashion, o estilista Ricardo Almeida pensava em como exercer a filosofia adotada pelos grandes empreendedores: é na crise que surgem as grandes oportunidades. Isso porque, seus bem-cortados ternos não iam ter demanda por um bom tempo.

 

O mundo ainda se adaptava ao home office quando ele teve a ideia de criar a linha homemeeting, uma roupa de ficar em casa – pois o conforto era algo que não se podia abrir mão naquele momento –, mas perfeitamente apresentável para participar das reuniões na rede e até encarar uma reunião presencial quando fazia-se muito necessário.

 

O conhecido rei da alfaiataria brasileira acabara de inventar a roupa híbrida; em malha de muito boa qualidade, de fios mais nobres, com corte de alta costura e extremamente prática, pois dispensa a lavanderia; portanto, carregada de praticidade, já que não amarrota como as confeccionadas com os demais tecidos. Uma praticidade que até então a roupa masculina não tinha.

 

O estilista pensou em tudo. A nova vestimenta não precisava desenhar o corpo, já que maioria dos confinados ganharam peso na pandemia. Todos ficavam mais elegantes à distância. Foi a adaptação perfeita da moda bem feita com o novo modo de vida. Tudo o seu DNA perfeccionista. Paralelamente, tratou de adiantar o seu e-commerce para adaptar-se ao fique em casa.

 

Considerada referência no mercado nacional, a marca Ricardo Almeida, trilha, há 39 anos, um sólido caminho de sucesso baseado na alfaiataria. Atualmente com linhas feminina, masculina e casual conta com quase 800 funcionários, 21 lojas próprias, mais de 89 multimarcas nas principais capitais do país.

 

O criativo alfaiate vai estar em Goiânia nesta quinta-feira, dia 3 de novembro, no Shopping Flamboyant, para o lançamento de sua loja homônima, em parceria com a empresária Rose Vieira, que já representava a marca por aqui. Será um espaço licenciado pela marca para oferecer o portfolio completo de produtos, com exceção do serviço sob medida.

Avatar

Este post foi escrito por: Britz Lopes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

1 comentários em "A moda homemeeting de Ricardo Almeida"

Deixe uma resposta