segunda-feira, 17 de junho de 2024

Acho a França muito chique

 

 

Tirando o fato de só falarem por meio de oxítonas (ok, exagero meu: há 0,2% de paroxítonas), tudo por lá é de uma elegância ímpar.

Não por acaso vêm da França o champanhe, o croaçã, os petifúr, o petigatô, o sorbê,  o cocovã, o paspatu, o dejavu, a avant garde, a nonchalance, a vernissage, a bolsa Chanel, o fuagrá, a Juliette Binoche e o Alain Delon.

Até na baixaria da política a França é chique.

O partido do Macron se chama “En Marche!” – assim mesmo, com exclamação e tudo, numa pegada meio alonzanfã.  Se a moda pega aqui, teríamos um “Bora cambada!” – sem vírgula no vocativo – e olhe lá.

O da Marine le Pen é o “Rassemblement National”. Rassãblemã é coisa de grife de casaco de pele, na Avenue Montaigne, no mínimo.

O do esquerdista Mélenchon (na França, até esquerdista tem sobrenome aristocrata) é o “France Insoumise”, França Insubmissa.  Não é França Desobediente, França Inconformada, França Putanascalças. É França Insubmissa. Quantas vezes na vida você já usou a palavra “insubmissa”? Pois os Boulos de lá usam, direto.

O partido da extrema-direita é o “Reconquête” (ótimo nome de prato para se pedir em restaurante fino, no inverno, não?).

O partido de centro é o “Résistons!” – também com exclamação, que parece ser tendência da temporada.

Tem também o “Agir, la droite constructive”, um partido com vocativo (e com vírgula!).

A gente aqui até tenta, com “Patriota”, “Republicanos”, “Avante” etc, mas não é a mesma coisa. Falta, sei lá, um jenecequá. Tipo uma interrogação (“Patriota?”), umas reticências (“Republicanos…”), um emoticon (“Avante :-)” ).

Torço para que vença o Macron. Não só pela questão política, mas porque adoro ouvir o pessoal da GloboNews pronunciando “Macrrrrrrron”. Lepêin não tem o mesmo charme.

 

Texto escrito por Eduardo Afomso

 

Foto de Timea Kadar no Pexels

Avatar

Este post foi escrito por: Britz Lopes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

1 comentários em "Acho a França muito chique"

  • Avatar Mary celen rezende disse:

    Que matéria gostosa de ler, aliás tudo que vc escreve e parece q podemos absorver um pedacinho de cada … obrigada 🙏 bjos

Deixe uma resposta