terça-feira, 23 de abril de 2024

Café com Sueli Arantes

 

Volta a Brasília
No meio político, a bolsa de apostas indica viés de algum risco no projeto de Lúcia Vânia voltar a ser deputada federal. De olho numa cadeira na Câmara Federal, recentemente ela se filiou ao União Brasil do governador Ronaldo Caiado.

 

No páreo
Enquanto o financista Henrique Meirelles patina, o ex-senador Wilder Morais está cada vez mais com o pé no acelerador na corrida pelo Senado em Goiás. Wilder articula nos bastidores e é cortejado por prováveis candidatos ao governo para fazer dobradinha na eleição de outubro próximo.

 

Olho no trono
Embora tenha sido anunciado como apoiador da candidatura a governador do deputado bolsonarista Major Vítor Hugo, há quem diga que o senador Vanderlan Cardoso quer ser mesmo inquilino do Palácio das Esmeraldas.

Mais adesão
Outro que corre risco de vencer a eleição é o deputado federal José Nelto. Despejado do Podemos, Nelto deve se filiar ao MDB de Daniel Vilela.

Estatística
O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, destacou os números de janeiro do emprego em Goiás, apurados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Mais empregos
“Registramos 12,5 mil empregos formais em janeiro e isso coloca Goiás em sexto lugar na geração de empregos no mês, embora tenha havido retração do mercado de trabalho”, assinalou Mabel.

Falta incentivo
O dirigente da Fieg disse que os números são bons, mas seriam melhores se o governo estadual incentivasse a industrialização da economia goiana. “Vamos ficar rodando e não indo a lugar algum. Goiás tem que deixar de exportar grãos e agregar valor à nossa indústria”, observou.

Inversão
E arrematou Mabel: “Com as exportações de grãos, como a soja, Goiás está efetivamente gerando mais empregos na China do que aqui. Precisamos de emprego para nossos trabalhadores. Para gerar mais empregos, temos que inverter esse quadro e incentivar a industrialização.”

 

Opinião
Do jornalista e comentarista político Augusto Nunes: Randolfe Rodrigues é o gigolô do STF. Dia sim outro também entra com ação contra o governo. Os ministros devem estar enjoados da presença dele no Tribunal”.

 

Surpresa ruim

A adesão do ex-prefeito de Trindade, Jânio Darrot, à reeleição do governador Ronaldo Caiado é um verdadeiro abalo sísmico no marconismo. Darrot era muito próximo ao ex-governador Marconi Perillo e a inesperada guinada política de 180 graus causou surpresa em Goiás, gerando um fato de grande repercussão que fortalece o projeto caiadista.

Janela partidária

Já começou a temporada de traições e oportunismos políticos.

 

Foto Lúcia Vânia: Moreira Mariz/Agência Senado

 

 

Avatar

Este post foi escrito por: Sueli Arantes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

1 comentários em "Café com Sueli Arantes"

Deixe uma resposta