sábado, 18 de maio de 2024

Café com Sueli Arantes

 

Agenda de candidato  — O ex-governador Marconi Perillo retomou com força total a agenda pré-eleitoral. Esteve em Anápolis, no sábado; visitou e almoçou com a diretoria da Secovi, na segunda-feira. Ontem (terça-feira), teve encontro com lideranças empresariais, para discussão sobre parcerias entre setor produtivo e Estado, abordando temas como perspectivas para a economia de Goiás, infraestrutura: cenário atual e investimentos prioritários, incentivos fiscais, desburocratização: como avançar no Estado e estrutura/custo e profissionalização da gestão pública.  No sábado, 18, estão programados encontros políticos em Iporá e Cidade de Goiás. Ainda no sábado, em Anápolis, participa de missa de celebração de 20 anos de falecimento do Dr. Henrique Santillo. Depois, Cavalhadas em Palmeiras, sábado e domingo. O homem está com gás de sobra.

 

Turbinado 

O governador Ronaldo Caiado também é adepto das inovações da medicina. Ele recebeu implante do chamado “chip da beleza”, item fundamental da restauradora tecnologia médica de reposição hormonal, já se preparando para a campanha de reeleição.

 

Aliança bolsonarista 

Ex-prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha fechou aliança com o Republicanos de João Campos, que é pré-candidato a senador pelo partido. Com isso, ganhou reforço importante na caminhada rumo ao Palácio das Esmeraldas. Nos bastidores, rola que o acordo foi articulado pelo presidente Jair Bolsonaro. E mais: se Vítor Hugo não deslanchar até agosto com a candidatura ao governo de Goiás, ele seria vice de Mendanha, também com o dedo de Bolsonaro na costura.

 

Abel e Caim

Racha na família Sebba em Catalão. Dois herdeiros do clã político vão se enfrentar nas urnas em busca de mandato na Assembleia Legislativa. Os primos Gustavo e Jamil, filho e sobrinho do ex-prefeito e ex-presidente da Assembleia, Jardel Sebba, já estão trocando os primeiros tapas na pré-campanha.

 

Perdeu a graça

A direção da Record Goiás não quer saber da apresentadora Silvye Alves nem pintada de ouro. Os bispos da emissora dizem que foram traídos por Silvye, que rifou o partido deles, o Republicanos, para cair nos braços do União Brasil do casal Gracinha e Ronaldo Caiado.

 

 Esperança

Pré-candidato a governador de Goiás pelo Patriota, Gustavo Mendanha aguarda a adesão de pelo menos 30 prefeitos para julho próximo. Mendanha aposta que sua postulação será turbinada com o reforço de deputados estaduais e federais, também.

 

 Renovação

O ex-governador Marconi Perillo, cada vez mais candidato ao Palácio das Esmeraldas, está sendo aconselhado pela torcida do Flamengo a manter distância de antigos tucanos. O desgaste da turma não seria bom para Marconi nessa fase de retomada das articulações políticas.

 

Otimismo

Presidente da Assembleia, o deputado Lissauer Vieira está cada vez mais animado com a pré-candidatura ao Senado pelo PSD. O parlamentar defende um nome único não chapa governista, tese que ganha força dentro do arco de alianças caiadista.

 

Idem

Também pré-candidato ao Senado, Wilder Morais não perde tempo e também cumpre intensa agenda de encontros políticos em Goiânia e no interior do estado. Wilder trabalha basicamente focado no eleitorado bolsonarista em Goiás, defendendo a pauta conservadora de costumes, principalmente.

 

Consciência tranquila 

O ex-secretário de Saúde, Ismael Alexandrino declara que recebe com “tranquilidade” a instalação de CPI da Saúde na Assembleia. Segundo ele, a pasta prima pela transparência total nos procedimentos.

 

Servidores da ABC ignorados

Sempre que Ronaldo Caiado anuncia algum benefício para os servidores públicos os jornalistas e radialistas da ABC ficam se perguntando: “quando será a nossa vez”?  Verdade seja dita: sempre tem uma equipe da TBC e da RBC cobrindo o governador, não importa o dia,  hora e local.  Além disso, vários funcionários da ABC estão lotados em outros órgãos, fazendo assessoria de comunicação e pautando os demais veículos de comunicação. Produzem textos, vídeos e fotos, que levam ao conhecimento dos goianos as ações do governo

 

Onipresença 

Presentes 24 horas por dia, sete dias por semana, inclusive durante a pandemia, os profissionais da ABC ficam se perguntando o motivo de não serem notados e nem recompensados. A área fim – repórteres, produtores, editores, locutores e cinegrafistas – tem um Plano de Carreira que a deixa em desvantagem financeira e funcional, se comparada com os servidores administrativos.  Mesmo acreditando na boa vontade do atual presidente – Reginaldo Júnior e na capacidade de diálogo do Sindipúblico, os servidores da ABC gostariam mesmo é de receber o reconhecimento do governador Ronaldo Caiado.

 

Avatar

Este post foi escrito por: Sueli Arantes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

Deixe uma resposta