segunda-feira, 17 de junho de 2024

Café com Sueli Arantes

Foto: GZH

 

Tropa de choque

O governador Ronaldo Caiado trabalha forte para eleger uma bancada de deputados estaduais escolhidos a dedo para formar uma bancada terrivelmente leal a ele na Assembleia Legislativa. Não quer correr o risco de traições no futuro, como é bem comum na política, especialmente em Goiás onde se muda de lado como se troca de camisa.

 

Padrão Bolsonaro

Caiadistas de alto coturno contestam o resultado da pesquisa Serpes em que o governador Ronaldo Caiado lidera com 37% das intenções de voto. Alegam que ele tem no mínimo 45%.

 

Fim da mamata

Pré-candidato do PL ao governo de Goiás, o deputado federal Vitor Hugo também ficou pistola com a pesquisa Serpes. Pelas redes sociais, o bolsonarista atacou o instituto e o jornal O Popular, prometendo acabar com o que ele chama de “mamata” das verbas de propaganda.

 

Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

 

Turbinado

O ex-governador Marconi Perillo saiu entusiasmado com o evento que sacramentou a pré-candidatura dele ao governo de Goiás, realizado no Clube Jaó,  sábado, 16, com a presença de milhares de militantes tucanos.

 

Confiança inabalada

Pré-candidato a senador pelo PL, Wilder Morais come pelas beiradas, cumpre agenda intensa, angaria apoios e aposta na associação do nome dele ao presidente Jair Bolsonaro para crescer nas pesquisas.

 

Firme e forte

Já o deputado Lissauer Vieira, pré-candidato do PSD ao Senado, conquista apoios de partidos como o PTB e Avante, por exemplo, para ser o único nome da base caiadista na disputa.

 

Encarnação de Nero

Jair Bolsonro é mesmo um incendiário contumaz. Além da Amazônia e Pantanal, o presidente agora taca fogo em Portugal, Espanha e Grécia.

 

Abacaxi

E continua o imbróglio da definição ou não de um candidato único ao Senado na chapa do governador Ronaldo Caiado. A última pesquisa Serpes serviu para colocar mais água quente na fervura.

Avatar

Este post foi escrito por: Sueli Arantes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

Deixe uma resposta