terça-feira, 23 de abril de 2024

Café com Sueli Arantes

 

Sonho de Consumo — Mal começou a nova legislatura na Assembleia nem há sinais de aposentadoria de algum conselheiro, o deputado Talles Barreto trabalha nos bastidores para abiscoitar uma cobiçada vaga no Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). Não se sabe em qual cadeira de conselheiro ele mira.

 

Curadoria


Não é que os bandalheiros que invadiram a Praça dos Três Poderes em Brasília entendem de arte? Escolheram as obras de arte mais valiosas para alvos de suas facadas. Retalharam telas famosas de Bruno Giorgi, Victor Brecheret, Di Cavalcanti  e Frans Krajcberg, entre outros,  e desprezaram um quadro de Romero Britto, artista pernambucano radicado em Miami.

 

Mudo e omisso


Vitorioso graças aos votos dos bolsonaristas em Goiás e acossado por pedidos de cassação na Justiça Eleitoral, o senador eleito e diplomado Wilder Morais optou por um post insosso a respeito dos ataques aos Poderes em Brasília, no último dia 8 de janeiro. De
sde a eleição, o empresário-político praticamente desapareceu da cena pública, até mesmo nas redes sociais. Já está sendo chamado de “traidor” do bolsonarismo.

 

Mudança de ares


O cantor e compositor Zezé di Camargo, que apoiou a reeleição do então presidente Jair Bolsonaro no segundo turno da eleição passada, já deu declarações de que “não é Lula nem Bolsonaro”, mas apoia o Brasil. Em português claro, significa que o canário goiano já se prepara para aderir ao governo petista, não demora muito.

 

Sentou na cadeira


O ainda deputado Francisco Oliveira, que perdeu a reeleição, já desfila pelos corredores da Assembleia Legislativa com pose, jeito e andado de diretor-geral da Casa. A indicação, pelo que parece, faz parte de acordo com o deputado Bruno Peixoto, virtual presidente do parlamento goiano, a partir do próximo dia 1º de fevereiro.
Boquinha
Derrotado na tentativa de reeleição, o deputado federal Francisco Jr., que vai ficar desempregado a partir de 1º de fevereiro, está cortando um dobrado para conseguir uma boquinha no governo de Ronaldo Caiado. A imprudência do ainda parlamentar está sendo muito malvista no Palácio das Esmeraldas e pode frustrar os planos do político cassado pelas urnas.

Avatar

Este post foi escrito por: Sueli Arantes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

Deixe uma resposta