quinta-feira, 18 de julho de 2024

Café com Sueli Arantes

 

 

Deputado goiano agita Câmara Federal 

 

Quem anda fazendo o maior barulho na Câmara Federal é o deputado de primeiro mandato e bolsonarista roxo, Gustavo Gayer (PL). Ele lotou, por exemplo, o auditório Nereu Ramos e movimentou a Casa, com seminário sobre doutrinação no ensino. Na ocasião, Gayer lançou a plataforma “Nossos Filhos”, cujo objetivo principal será oferecer aos pais maior participação nas escolas. Entre as várias autoridades que expuseram sobre tema, o ex-presidente Jair Bolsonaro gravou um vídeo onde comentou a pauta e cumprimentou os participantes.

 

 

 

Na rede 

 

O site lançado por Gayer possibilitará que não apenas sejam feitas denúncias sobre tentativas de doutrinação ideológica de qualquer natureza, mas irá, também, ranquear aquelas que obtiverem melhores resultados nas avaliações.

 

 

Companheiros 

 

Além das considerações de Gustavo Gayer, falaram ao público os deputados federais Nikolas Ferreira (PL-MG), Chris Tonietto (PL-RJ), Bia Kicis (PL-DF) Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), Altineu Côrtes (PL-RJ) e Marcel van Haten (Novo-RS).

 

 

Pista 

 

O evento foi transmitido pelo canal “Gustavo Gayer Cortes” e está disponível para o público no endereço  https://www.youtube.com/live/X5BLlY4gpFs?feature=share)

 

 

 

Briga boa  

 

Em Aparecida de Goiânia, rola uma briga de cachorro grande entre o prefeito Vilmar Mariano e o presidente da Câmara de Vereadores, André Fortaleza. Os dois nem se cumprimentam e quando se cruzam sai faísca pra todo lado. Vilmarzinho e Fortaleza vão disputar a prefeitura em 2024.

 

 

 

Apagada 

 

Eleita a mais votada de Goiás com mais de 230 mil votos, a deputada federal Silvye Alves (União Brasil) ainda não conseguiu descolar um espaço na Câmara dos Deputados. Até agora, tem uma atuação apagada, ausente e distante dos holofotes da mídia local e nacional. Não disse ainda a que veio e não justificou a montanha de votos que recebeu em 2022.

 

 

Bom para 2026  

 

Contrariando especulações, a vontade de muitos tucanos de Goiás e da imprensa “fritadeira”, o ex-governador Marconi Perillo descarta concorrer a qualquer prefeitura em 2024, seja Anápolis, Goiânia ou Aparecida. Ele está de olho mesmo é no Palácio das Esmeraldas em 2026.

 

 

Voo alto 

 

Na base governista em Goiás, o babado do momento é a provável candidatura da primeira-dama Gracinha Caiado ao Senado em 2026. Há, no entanto, um debate sobre a viabilidade da postulação, que pode ser impedida pela legislação eleitoral.

 

 

Sem ação 

 

Outro que começa decepcionando os mais de 700 mil eleitores que o escolheram na eleição passada é o senador Wilder Morais. Até agora, não há notícias sequer de uma iniciativa dele no Congresso Nacional nem de projetos, nem na defesa do ex-presidente Jair Bolsonaro. Vale lembrar que Wilder foi eleito na carona da onda bolsonarista em Goiás.

 

 

Nome forte  

 

Cresce a cotação do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Bruno Peixoto, na corrida pela Prefeitura de Goiânia. Com o perfil de gestor já apresentado no cargo, ele ganha pontos sobre os prováveis concorrentes na base governista e fora dela também.

 

 

Muito fraco   

 

Deputado federal de primeira viagem, o médico Ismael Alexandrino parece um peixe fora d’água na Câmara dos Deputados. Não deu um passo sequer para deixar o baixíssimo clero. Pelo contrário, afundou mais ainda. Pior ainda são as redes sociais do parlamentar, de um primarismo de fazer dó.

 

Avatar

Este post foi escrito por: Sueli Arantes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

Deixe uma resposta