segunda-feira, 17 de junho de 2024

Café com Sueli Arantes

 

Ousadia caiadista

 

O governador Ronaldo Caiado planeja investir num pacote de obras que pode injetar cerca de R$ 15 bilhões na infraestrutura de Goiás até 2026. O foco será na ampliação e melhoria da malha viária para fortalecer a competitividade logística do estado. Caiado retoma nesta semana, em Minaçu e São Miguel do Araguaia, o programa Goiás em Movimento – Eixo Municípios. A previsão é de passar dos 140 municípios atendidos com pavimentação de vias urbanas, em parceria com as prefeituras.

 

Voo abortado

 

Ex-prefeito de Aparecida e candidato derrotado ao governo do estado em 2022, Gustavo Mendanha descarta se filiar ao MDB do vice-governador Daniel Vilela. Mendanha chegou a flertar com a ideia de voltar ao partido, mas as conversas não avançaram, e ele resolveu ficar onde está.

 

Estrada para 2026 

 

O ex-governador Marconi Perillo já traçou a estratégia para o PSDB disputar as eleições municipais de 2024. A meta é lançar candidatos competitivos nos maiores municípios do estado.  Com isso, o tucano quer preparar o terreno para o pleito de 2026, quando o tucano pretende concorrer ao governo de Goiás.

 

 

Artigo indefinido  

 

Eleito com os votos bolsonaristas em Goiás o senador Wilder Morais evita fazer críticas ao governo Lula, reaproxima-se do governador Caiado e não defende o ex-presidente Jair Bolsonaro. Enfim, fica literalmente em cima do muro.

 

 


Salvo pelo gongo

 

Presidente da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, o senador-empresário Vanderlan Cardoso escapou por um triz de uma baita saia justa. Ele foi convidado a compor a comitiva oficial do presidente Lula na viagem à China, o que rendeu uma enxurrada de críticas ao parlamentar pela base bolsonarista. Como o petista cancelou o périplo ao tigre asiático, Vanderlan não teve que aceitar nem negar o convite, o que iria deixá-lo mal com um dos lados da polarização política no Brasil.

 

Foto: Secom

Avatar

Este post foi escrito por: Sueli Arantes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

Deixe uma resposta