segunda-feira, 17 de junho de 2024

Instituto Carlos André ministra curso de sustentação oral na APEG

 

O Instituto Carlos André, através de seu diretor, professor Carlos André, e dos também professores Marcos César e Valter Ventura, já deu início ao curso de Sustentação Oral para os procuradores associados à Associação dos Procuradores do Estado de Goiás – APEG. Com aulas presenciais todas as quartas-feiras, de maio a julho, o curso está sendo ministrado na sede da própria instituição (Quadra F 16, Av. Cora Coralina, 103 – St. Sul).

 

Estão sendo oferecidas aulas de teoria e prática dos aspectos linguísticos, psico-comportamentais e jurídicos da sustentação oral, que é o ápice da participação do advogado em um processo judicial. É quando sua autoridade técnica e o domínio sobre a comunicação aparecem com mais ênfase.

 

Uma sustentação oral bem feita tem o poder de mudar a história de pessoas, bem como o rumo da ciência do direito. Essa é a responsabilidade depositada sobre a pessoa que sobe em uma tribuna à frente de desembargadores. E, em se tratando da Procuradoria do Estado, essa responsabilidade é ampliada, porque os interesses do Estado são, em tese, a manifestação da vontade do povo.

Avatar

Este post foi escrito por: Britz Lopes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

Deixe uma resposta