terça-feira, 23 de abril de 2024

Como evitar a “síndrome da falsa esperança”

 

Com a chegada de mais um novo ano, você talvez esteja refletindo sobre o que gostaria de alcançar e que tipo de pessoa deseja ser nos próximos 12 meses. Mas embora cerca de um terço de nós planeje definir metas para nós mesmos em 2024, cumpri-las é outra questão.

 

Nos últimos anos, pesquisas revelaram que entre 17% e 45% de nós abandonamos essas tentativas já no primeiro mês. E a maioria das pessoas desiste de suas resoluções no meio do ano, de acordo com um estudo. (Ainda que, se considerarmos uma sondagem recente do YouGov, os americanos foram um pouco melhores no cumprimento de suas resoluções no ano passado, com apenas 16% das pessoas desistindo antes do final do ano.) Essas falhas podem levar ao que alguns psicólogos descrevem como um ciclo anual de “síndrome da falsa esperança”.

 

Em vez disso, há algumas evidências de que talvez seja melhor definir metas que mais alcançáveis. Uma pesquisa sugere que objetivos realistas, específicos e onde o sucesso pode ser facilmente medido tendem a ser mais fáceis de cumprir do que aqueles abstratos ou focados em evitar algo, como deixar de fumar ou de beber. Decidir em que focar, entretanto, pode ser difícil. Então, para ajudá-lo a se decidir, aqui estão sete aspectos de sua vida nos quais você pode se concentrar usando algumas dicas baseadas na ciência.

 

Dia 1: Concentre-se no seu sono

Evite luzes fortes duas horas antes de dormir ou olhar para o telefone antes de dormir. Uma pesquisa recente também descobriu que ter uma hora de dormir consistente pode nos ajudar a manter um intestino saudável. E, enquanto você passa mais tempo na cama, você também pode tentar o sonho lúcido, um estado de consciência de sonhar enquanto ainda dorme. Muitas pessoas usam os sonhos lúcidos para ajudar a controlar pesadelos, resolver problemas e explorar ideias criativas.

 

 

Dia 2: Concentre-se no seu corpo

Se você é inquieto, é hora de abraçar essa característica: aqueles movimentos distraídos, como bater o pé, balançar o joelho ou mexer os dedos, podem queimar uma quantidade surpreendente de calorias e ajudar a reduzir o estresse. Também este é um bom momento para sair e fazer algum exercício, o que tem sido associado a uma melhor saúde cardíaca, um sistema imunológico mais forte e uma maior perda de peso. Enquanto estiver fazendo isso, você pode até tentar virar-se durante a próxima caminhada e andar de costas.

 

 

Dia 3: Concentre-se em sua mente

Converse com um estranho, aproveite um bom susto, abrace o caos da vida. Todas essas coisas podem ajudá-lo a se sentir mais feliz, mais resiliente e menos estressado, segundo a ciência. Você também pode tentar algo novo. Desafiando-se, aprendendo uma nova habilidade para aumentar a plasticidade cerebral, o que ajuda a mente a se adaptar e se reconectar. Se você estiver se sentindo particularmente enérgico, também pode tentar alguns agachamentos.

 

 

Dia 4: Concentre-se em seus relacionamentos

Ter amigos faz bem – eles podem estimular seu sistema imunológico, melhorar sua saúde cardiovascular e fazer você se sentir mais feliz. Se você incluir um pouco de ritmo no tempo que passa com seus amigos, isso também pode ajudar a fazer você se sentir mais próximo. Caminhantes que sincronizam seus passos tendem a se comunicar melhor, enquanto batucar um ritmo com um amigo pode fazer com que ambos gostem mais um do outro. E os amigos que temos podem mudar nossos hábitos, para melhor e para pior. Gostamos de captar dicas das pessoas ao nosso redor, e essas podem ter um impacto poderoso em nosso comportamento.

 

 

Dia 5: Concentre-se no que você come

Não se trata de contar calorias, mas sim de evitar empacotados e enlatados. O melhor mesmo é comer apenas o que veio da terra e não passou por uma máquina antes de chegar ao supermercado. Os alimentos super processados são os maiores inimigos da sua saúde – e consequentemente da sua dieta.

 

 

Dia 6 – Concentre-se no seu condicionamento físico

Embora o exercício físico possa ajudar a aumentar a força, queimar gordura e melhorar a saúde mental, ele também pode dar um impulso à saúde dos micróbios do seu intestino. Provavelmente não vale a pena ficar muito obcecado em atingir a meta de 10 mil passos por dia – alguns estudos sugerem que um número menor (menos de 5 mil por dia em alguns casos) pode ser suficiente para melhorar a saúde. Se você deseja entrar em forma rapidamente, apenas seis sessões de treinamento intervalado podem aumentar o consumo máximo de oxigênio, uma medida do condicionamento físico geral e da eficiência da capacidade do nosso corpo de queimar o combustível armazenado em nossas células.

 

 

Dia 7 – Concentre-se nos seus hobbies

Embora ter alguns momentos ociosos para deixar sua mente vagar possa trazer benefícios surpreendentes, algumas pessoas fazem de tudo para se livrar do tédio. Pessoas que ficam facilmente entediadas podem ser sugadas por comportamentos viciantes, como o uso compulsivo de celulares, e essa característica tem sido associada a uma maior suscetibilidade a uma série de problemas de saúde mental. Adotar um novo hobby pode ajudar a manter seu cérebro mais jovem, ajudar a estimular a criatividade – e evitar o tédio. Os cientistas vencedores do Nobel, por exemplo, listam cerca de três vezes mais passatempos pessoais do que uma pessoa comum – e são particularmente propensos a envolver-se em atividades criativas, como música, pintura ou escrita de poesia.

 

Há boas notícias também se o seu passatempo preferido é ler um bom livro: as pessoas que leem ficção são melhores em descobrir o que os outros estão pensando e sentindo. E se você gosta de ler em voz alta para outras pessoas, isso pode não apenas melhorar sua memória do que você está lendo, mas também facilitar a compreensão de textos complicados.

 

Com BBC News Brasil

Avatar

Este post foi escrito por: Britz Lopes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

Deixe uma resposta