segunda-feira, 17 de junho de 2024

Como fazer 50 alterações na receita de apenas um sanduíche?

 

Depois de 56 anos da sua criação, o Big Mac está passando por algumas transformações. Algumas não! Na verdade são 50 mudanças.

 

Mas calma! A combinação de dois hambúrgueres, alface, queijo, molho especial, cebola, picles em um pão com gergelim vai continuar valendo para deleite eterno dos amantes de junk food.

 

Os ajustes incluem desde alguns mais leves, como picles e alface mais frescos e uma dose a mais de molho. Até um novo pão que preserva melhor o calor e uma nova cebola – se é comida de verdade, não saberemos até que algum laboratório faça os devidos testes.

 

Ao todo, a lanchonete está há sete anos testando as alterações. E a intenção é clara: recuperar o espaço perdido para a “Tendência do Better Burger”.

 

Pense que eles continuam ganhando de outros fast foods, como BK e Bob’s, mas está perdendo espaço para os burgers mais premium — Cabana, Madeiro, ou, lá fora, Five Guys e Shake Shack.

 

Tanto que, no ranking do consumidor americano, o Ronald caiu para o décimo terceiro lugar neste ano.

 

A mudança vai dar certo? No hay videntes acá. Pensando em um exemplo parecido, a Coca-Cola já tentou criar a “New Coke”, mas não foi bem recebida pelo público e teve de voltar atrás na decisão.

 

Uma curiosidade: Em 1967, o nome original do Big Mac era O Aristocrata.

 

Com: The News

Avatar

Este post foi escrito por: Britz Lopes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

Deixe uma resposta