sexta-feira, 12 de abril de 2024

Como torrar dinheiro com excentricidades em Dubai

 

Nas últimas décadas, Dubai evoluiu para uma das cidades mais arquitetônica e tecnologicamente avançadas do mundo. Quem mora em por lá tem gosto pelas coisas mais luxuosas que a vida tem a oferecer. E são essas coisas que também atraem turistas endinheirados que não tem mais o que inventar. A cidade, que tem um PIB de US$ 108 bilhões, possui atrações como resorts, parques marinhos, arranha-céus e ilhas artificiais. A arquitetura ultramoderna contrasta bem com toda a flora e fauna naturais dessa joia dos Emirados Árabes.

 

O povo de Dubai pode se deliciar com tudo, desde sobremesas douradas até animais de estimação exóticos. Com a quantia certa de dinheiro, não há muitas coisas que os emirados não possam comprar. A seguir, são apenas alguns dos prazeres ocultos da vida que se pode encontrar em Dubai.

 

Carro aquático: custa US$ 135.000 o modelo básico. Tornou-se um acessório popular em Dubai e não apenas entre a classe alta, embora o príncipe herdeiro de Dubai, Sheik Hamdan Bin Mohammed Al-Maktoum, possua seis desses veículos aquáticos anfíbios. Na água, as rodas são retraídas por uma suspensão off-road hidráulica. Em menos de quinze segundos, a transição de um veículo terrestre para um marítimo e vice-versa pode ser concluída.

 

Hotéis submarinos: A diária é a partir de US$ 6.295. São hotéis onde os hóspedes ficam em quartos de hotéis submarinos. Netuno e Poseidon são as duas suítes subaquáticas apropriadamente nomeadas, localizadas nos hotéis Atlantis e The Palm. Eles exibem janelas do chão ao teto que fornecem uma visão de perto das mais de sessenta e cinco mil criaturas marinhas que habitam a lagoa. Uma estadia em alguns dos hotéis subaquáticos mais luxuosos pode custar até US$ 25.000 por apenas uma noite.

 

Pilotos de camelos robóticos: Antes de 2004, as corridas de camelo nos Emirados Árabes Unidos tinham uma infinidade de questões de direitos humanos, incluindo o uso de crianças pequenas como jóqueis nas corridas mencionadas. A resposta dos Emirados foi proibir o uso de todos os jóqueis humanos em 2004 e substituí-los por robôs. Cada um custa U$ 500.

 

Táxis de helicóptero para carros: se há algo que os motoristas de automóveis de todo o mundo têm em comum é a frustração que sentem quando estão presos no trânsito intenso. Em Dubai, eles encontraram uma resposta para todos os problemas de trânsito. Os táxis de helicóptero podem ser vistos voando pelos céus de Dubai, transportando os veículos dos ricos e famosos de um local para outro. Aqueles que moram no Burj Khalifa podem ver esses táxis de helicarros voando pela cidade regularmente. Uma corrida de táxi custa cerca de US$ 144 por pessoa.

 

Botas Hidroflying: Flyboard é a nova mania entre aqueles que têm alguns milhares de dólares extras para gastar em um novo brinquedo. Usando uma longa mangueira que se conecta ao dispositivo e direciona a pressão da água através de bicos de jato que são encaixados sob botas que permitem que o usuário aparentemente voe sobre a água. As botas têm a capacidade de impulsionar o piloto a mais de 21 metros no ar, ou acelerar debaixo d’água. O par custa U$ 5.000.

 

Carros de polícia de luxo: Devido ao grande número de veículos de elite em Dubai, parece mais por necessidade do que por prazer que os policiais também possam ser vistos andando com estilo. Com mais frequência do que se poderia esperar, a polícia pode ser vista patrulhando as ruas em Ferraris, Bugattis e Lamborghinis. Custam, em média, 545.000.

 

Esqui indoor no shopping: Desenvolvido pelo The Majid Al Futtaim Group, o Ski Dubai abriu seus teleféricos ao público pela primeira vez em 2005. Localizado dentro do Mall of the Emirates, o Ski Dubai possui três teleféricos que transportam os esquiadores até a largada, de uma das cinco pistas que se encontram a quase vinte e cinco andares de altura, nesta montanha coberta. Valor: US$ 75/passe diário.

 

Ambulâncias de Elite: Ir para o hospital em uma ambulância pode ser uma experiência muito estressante. Em Dubai, há uma nova maneira de ajudar a reduzir o estresse do paciente, com com uma frota de limusines convertidas que foram equipadas com tudo o que é necessário para atender às suas necessidades de emergência ou conforto. Custo: de US$ 150.000 a US$ 200.000.

 

Voos do Falcão: Os falcões são tão bem vistos nos Emirados Árabes Unidos que, quando viajam em um avião com seus donos, eles podem permanecer soltos nos compartimentos de passageiros e recebem seus próprios assentos para a viagem. A passagem do falcão custa entre US$ 40.000 a US$ 100.00.

 

Mercedes incrustada de diamantes: O povo de Dubai tem feito arte de gastar dinheiro em itens exagerados com os quais a maioria das pessoas só poderia sonhar. Os veículos motorizados em Dubai certamente atrairão algumas cabeças, mas nenhum o fará com mais frequência do que o Mercedes incrustado de diamantes.

Mais de trezentos mil diamantes foram usados como decalques na Mercedes do príncipe saudita, (Amir) al-Waleed bin Talal bin Abdul-Aziz. Ser uma das dez pessoas mais ricas do mundo, o preço de US $ 4,8 milhões, era mais como troco para ele.

 

Caixas eletrônicos para barras de ouro: Caso surja a necessidade de gastar algum dinheiro extra, você pode comprar uma barra de ouro ao visitar os Emirados Árabes Unidos. A operação é fácil, pois há caixas eletrônicos disponíveis apenas para a ocasião. O caixa eletrônico de barra de ouro Gold To Go foi visto pela primeira vez nos Emirados em 2010.

 

Estocada com trezentos e vinte itens diferentes feitos de ouro, a máquina vende uma variedade de moedas personalizadas, bem como uma variedade de barras de ouro de 24 quilates ponderadas (no valor de cerca de U$ 1,46 milhão) que são seladas em plástico ao serem dispensadas.

Avatar

Este post foi escrito por: Britz Lopes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

Deixe uma resposta