terça-feira, 23 de abril de 2024

Contradições da arte em Hospitalidade: Casa Aberta

 

Mostra que reúne esculturas, desenhos e várias obras dos artistas Carlos Monaretta, Danillo Butas (foto), Sofia Ramos e Rafael Escóssia é o resultado de residência artística feita pelos autores no “Lugar de Suyan”, a casa da artista Suyan de Mattos Olhos d’Água, distrito de Alexânia, entorno de Brasília, onde eles permaneceram por um período de duas semanas em 2021. Os trabalhos podem ser vistos a partir de hoje, na Vila Cultural Cora Coralina, a partir das 18 horas. “Hospitalidade: Casa Aberta” tem curadoria e coordenação de Suyan de Mattos.

 

A intenção foi explorar a noção de hospitalidade, provocando uma rede de afetos e de amizade entre os artistas, a casa e a cidade. Ao final da residência artística, os participantes apresentaram um ateliê aberto à comunidade de Olhos d’Água como resultado do processo vivido. A exposição está montada na sala Antônio Poteiro e fica em cartaz até 14 de maio.

 

Transformações — “Os trabalhos têm mensagens muito individuais; um conta histórias por meio de personagens e o outro também se personifica, criando uma contradição entre a dureza e rigidez da matéria com a moleza que ela adquire a partir das dobraduras. Dentro da exposição, podemos nos expandir, chegando até as contradições macro da cidade e da história”, diz a artista Sofia Ramos.

 

O artista Carlos Monaretta conta que o exercício de construção de sua série teve como base a catalogação e registro de lixeiras improvisadas, encontradas em Goiânia, Alexânia e São Geraldo (SP). “Um dos principais interesses é o de registrar a multiplicidade de soluções que são criadas para se conseguir realizar o problema de descartar o lixo, surgindo relações entre o descarte e o que é descartado. Tenho interesse em refletir sobre como se utiliza a criatividade em um processo de solução.”

 

Serviço

Assunto: Vila Cultural Cora Coralina recebe exposição Hospitalidade: Casa Aberta

Abertura: Terça-feira (11/04), às 18h

Onde: Sala Antônio Poteiro, Vila Cultural Cora Coralina, Rua 3, Setor Central, Goiânia (GO)

Visitação: 12 de abril a 14 de maio de 2023, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h

Entrada gratuita

 

Com: Secretaria de Estado da Cultura – Governo de Goiás

Foto: Gilmar Camilo

Avatar

Este post foi escrito por: Britz Lopes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

Deixe uma resposta