sexta-feira, 12 de abril de 2024

LambesGóia e todas as suas formas de arte

 

A Vila Cultural Cora Coralina, em Goiânia, inaugura, nesta quinta-feira, às 18 horas, a 2ª mostra coletiva de lambe-lambe “Nodas de Uma Navalha / Cortes em Quatro Tempos”. A iniciativa faz parte da programação do 3º Festival Internacional LambesGóia e tem entrada gratuita.

 

Com produção da Valenta Arte Urbana e atividades a serem realizadas entre 5 e 18 novembro, o LambesGóia 2023 foi contemplado pelo Edital de Fomento aos Festivais e Eventos do Fundo de Arte e Cultura (FAC), mecanismo de fomento do Governo de Goiás, gerenciado pela Secretaria de Estado da Cultura.

 

A exposição tem curadoria do coletivo Lambes Brasil e este ano apresentará um panorama nacional da produção de artistas que investigam o lambe-lambe como linguagem e como técnica. A mostra reúne 14 artistas e cinco coletivos radicados em todas as regiões do país com técnicas variadas como arte e impressão digital, recorte, fotografia, colagem e xilogravura.

 

No dia 14 de novembro, às 14 horas, a organização do festival promoverá visita guiada à mostra com seus produtores e um intérprete de libras. A exposição Lambe-Lambe segue em cartaz na Vila Cultural até 10 de dezembro, com visitação gratuita, de segunda-feira a domingo, das 9 às 17 horas.

 

O festival

Com o intuito de divulgar a técnica na cidade de Goiânia, o Festival Internacional de Lambe-Lambe – LambesGóia nasceu em 2019. Trata-se de uma vertente da arte urbana que consiste em produzir trabalhos artísticos em papel, sejam eles em forma de cartazes, pinturas, fotografias, poemas e etc, para então serem colados em espaços públicos, promovendo a troca entre artistas de outras cidades ou países para também serem colados nestes lugares.

 

Nesta edição, o festival bateu os próprios recordes e conta com cartazes de artistas de 20 países, como Canadá, Argentina, Bolívia e Alemanha, além de mais de mais de 100 artistas brasileiros.

 

“O número de participantes mais que dobrou, chegando a contabilizar mais de 160 nomes entre artistas e coletivos. Um dado interessante foi o aumento do número de goianos que colaboraram enviando seus trabalhos para o mural”, ressalta Larissa Pitman, da Valenta Arte Urbana.

 

Murais

Durante o lambe-lambe serão produzidos dois murais coletivos no Setor Central em Goiânia, além de quatro murais individuais, distribuídos pelos bairros Centro, Marista e Vila Redenção em Goiânia, além do Parque Flamboyant em Aparecida de Goiânia.

 

O LambesGóia conta ainda com murais individuais de artistas renomados da cena do lambe no Brasil, como Mila Serejo; de Natal (RN), Tiago Daher; de Goiânia (GO), Haon (GO) e Rafael Vaz (GO).

 

Serviço:

2ª edição da mostra coletiva Lambe-Lambe

Data: De 09/11 a 10/12

 

3ª Edição do Festival LambesGoia –  05 e 18/11

Local: Vila Cultura Cora Coralina

Horário de Visitação: De segunda a domingo, das 9h às 17h.

Entrada gratuita

 

Confira a programação

 

Mural / artista Rafael Vaz

Data: 07/11

Endereço: Praça CEU Parque Flamboyant / R. Dona Diula de Oliveira Santana França, 210 – Res. Parque Flamboyant, Aparecida de Goiânia

Horário: 10h às 17h

 

Mural / artista Haon

Data: 08/11

Endereço: Vila Redenção, Rua E-3

Horário: 10h às 18h

 

Abertura Exposição Nodas de Uma Navalha/ Cortes em Quatro Tempos

Data: 09/11

Endereço: Vila Cultural Cora Coralina / R. 3, s/n – Centro

Horário: 19h

 

Mural / artista Milla Serejo

Data: 11/11

Endereço:  Rua 3, muro estacionamento

Hora:  10h às 14h

 

Oficina de Lambe-Lambe / Bruna Alcantara

Data: 11/11

Endereço: Centro Comunitário do Conjunto Anhanguera / Rua Carajás esq. Rua Tabajara.

Horário: 09 às 13h

 

Com: Vívian Maia – Secom Goiás

Avatar

Este post foi escrito por: Britz Lopes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

Deixe uma resposta