sábado, 18 de maio de 2024

O poder mais perto do cidadão

 

Com o objetivo de ampliar a interlocução com o goianiense e dar mais transparência a suas ações, a Câmara de Goiânia vem ampliando e aperfeiçoando seus meios de comunicação com o cidadão. Entre as iniciativas de destaque está a implantação do Canal da Cidadania, plataforma presencial e virtual para o recebimento de sugestões, demandas e críticas.

 

Implantado 2021, o Canal da Cidadania está sendo fortalecido neste ano, com a incorporação de novos servidores à estrutura de atendimento e encaminhamento de demandas. Nos próximos dias, a plataforma ganhará novas instalações e pontos de atendimento, em um espaço em implantação no saguão principal da Câmara de Goiânia.

 

O Canal da Cidadania recebe por chamada telefônica, whatsapp, e-mail ou formulário as demandas, críticas e sugestões e, em seguida, aciona os gabinetes dos vereadores ou diretorias da Câmara de Goiânia a tomar providências. Boa parte das solicitações é atendida de imediato. As que dependem de apuração junto aos órgãos da Casa ou contato com outras instituições são distribuídas para os departamentos competentes.

 

Segundo a direção do Legislativo, a meta é não deixar demanda sem resposta ou solução. “Estamos reforçando as rotinas para cobrar os resultados para as questões apresentadas”, afirmou a Câmara de Goiânia, por meio de sua assessoria de imprensa. Entre as demandas mais apresentadas estão endereços de locais de vacinação, reparos em vias e praças, jardinagem e contato com os gabinetes dos vereadores.

 

 

Outra plataforma de estreitamento do contato entre a Câmara de Goiânia e os cidadãos é a Ouvidoria da Mulher. A plantaforma se propõe a reforçar os esforços no combate à violência doméstica e de gênero. Entre as frentes de trabalho estão o acolhimento de mulheres vítimas de violência doméstica ou de gênero, atendimento psicoterápico e orientação jurídica gratuita e reforço de campanhas de conscientização e cidadania, com as resultantes da Lei Maria da Penha.

 

A atual Mesa Diretora, presidida pelo vereador Romário Policarpo (Patriota), também reforçou a atuação da Escola do Legislativo e implantou o Parlamento Jovem e fez convênio com a Universidade Federal de Goiás (UFG) para a realização do Programa Politizar. A Escola do Legislativo trabalha na capacitação de gestores e técnicos.

 

O Parlamento Jovem e o Politizar são programas de integração entre o Legislativo e os estudantes goianienses do ensino fundamental 2 e médio. Por meio das duas iniciativas, a Casa e as instituições de ensino participantes reproduzem processo eleitoral e legislativo para composição do parlamento municipal e, em seguida, simulação das atividades rotineiras dos vereadores, como a formulação e aprovação de projetos de lei.

 

Com assessoria de comunicação da Câmara Municipal de Goiânia

Avatar

Este post foi escrito por: Britz Lopes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

Deixe uma resposta