segunda-feira, 17 de junho de 2024

O que os astros nos dizem de 2023

 

A lua crescente entrou em touro e vai permanecer na virada. Touro é regido por Vênus e nos traz vibrações de abundância, amor e beleza. O ano de 2023 será regido pela lua, que simboliza nosso arquivo emocional, nossas experiências vividas desde a infância até o momento presente e que nos transformaram no que somos hoje.

 

Diferentemente do que muitos pensam, a vida emocional representa muito mais do que ter um parceiro ou parceira para dividir momentos românticos e projetos de vida. Ela abrange equilíbrio e saúde mental e física, já que sabemos o quanto algumas doenças surgem por desequilíbrio emocional.

 

Teremos trânsitos planetários tensos no céu de 2023. A quadratura de saturno em aquário com urano em touro terá alguns distanciamentos, mas permanecerá ativa e teremos a entrada de plutão em aquário, em março, formando aspecto difícil com júpiter, que entrará em touro, o que trará restrição e limitações em relação a planos e metas.

 

Mas, a partir de 23 de janeiro, teremos um período raro em que todos os planetas estarão em movimento direto – já que em 2022 tivemos uma sequência de planetas em movimento retrógrado, quase que sem interrupções –, que irá até 21 de abril, quando mercúrio entrará retrógrado e em seguida teremos o primeiro eclipse de 2023 em Áries. Este será um período extremamente benéfico para colocar projetos em ação, iniciar a concretização de metas que já foram planejadas, aproveitando também o impulso do ano novo astrológico.

 

A regência da lua no ano de 2023 pede, mais do que nunca, foco em nós mesmos, auto-observação para o que e quem nos faz bem, nos relacionamentos onde realmente existe reciprocidade de estímulo, força e afeto que impulsionem o nosso crescimento, evolução e bem estar integral.

 

Que possamos aproveitar esse novo ciclo em sua dimensão mais ampla possível, como um novo início de energias positivas, coragem e amor no coração e acreditar na oportunidade mágica de estarmos neste planeta aqui e agora para realizar nossos sonhos como seres únicos e divinos que somos. Marque@ quem gostaria de saber.

 

Foto:  Behnam Norouzi

Avatar

Este post foi escrito por: Paula Bueno

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

Deixe uma resposta