quinta-feira, 25 de abril de 2024

O vencedor do Oscar da dança

 

O estudante goiano João Pedro dos Santos Silva conquistou o 1º lugar no Prix de Lausanne, competição considerada o “Oscar” do balé mundial, que ocorre anualmente na cidade de Lausanne, na Suíça. Com apenas 15 anos, João Pedro é aluno da Escola do Futuro de Goiás em Artes Basileu França e foi o único brasileiro na final da competição.

 

JP, como é conhecido pelos amigos e no meio da dança, também foi o mais votado pelo público entre os 20 candidatos finalistas, de 12 países diferentes, levando o Prêmio Melhor do Público. A premiação foi no domingo, quando foram anunciadas as cinco renomadas escolas do mundo que vão ofertar bolsas de estudo para os vencedores do Prix de Lausanne, e João Pedro poderá escolher uma delas.

 

“Eu ainda não consigo acreditar que é real, porque sonhei chegar aqui um dia, desde que era criança, e esse dia chegou. Quero agradecer a todos que me apoiaram. Meus professores, minha família e o Governo de Goiás, por proporcionar o que tive nessa viagem. Estou muito feliz!”, declarou o bailarino quando o resultado foi anunciado.

 

Este é o 16º prêmio internacional de balé dos estudantes da rede estadual de ensino profissionalizante desde 2023. “O Governo de Goiás, sob determinação do governador Ronaldo Caiado, investiu mais de R$ 50 milhões no Basileu França no ano passado. Os prêmios são resultado desse investimento e da dedicação e qualidade de nossos professores e alunos. Estamos muito orgulhosos do João Pedro, que foi à Suíça mostrar ao mundo a capacidade dos goianos”, afirma o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, José Frederico Lyra Netto.

 

Para a coordenadora de Dança do Basileu França, Simone Malta, este prêmio é o reconhecimento da dedicação e do talento de João Pedro. “Para chegar onde está agora, foram necessários muitos sacrifícios, muitas horas de treinamento. Ele teve que se abster de muita coisa e sempre cumpriu tudo rigorosamente em busca de seu sonho. Estamos felizes e gratos pelo investimento do Governo de Goiás para que o Basileu França possa mostrar a sua arte nos palcos do mundo”, relata.

 

João Pedro iniciou seus estudos na Escola do Futuro em Artes de Goiás Basileu França em 2020, com o objetivo de se tornar um bailarino profissional. Desde então, tem arrebatado alguns dos principais prêmios de balé. Ainda naquele ano, o jovem conquistou a medalha de ouro na categoria infantil no Festival de Joinville. Em 2021, conquistou a medalha de ouro na categoria júnior no Youth America Grand Prix (YAGP), que ocorre anualmente em Nova York; em 2022, ficou com o segundo lugar na Categoria Júnior do mesmo festival.

 

No 3º Festival de Dança de Porto Alegre, ocorrido em junho de 2023, João foi eleito um dos dois melhores bailarinos do concurso – o outro foi Marcus Rufino, que também é aluno do Basileu França. No Festival de Dança de Joinville, considerado o maior festival de balé do mundo, realizado no ano passado, ele ganhou o Prêmio Especial Daniel Camargo, tendo ficado em primeiro lugar na Variação Masculina Júnior, em primeiro lugar no Pas de Deux Júnior (com Antonia Manrique) e em primeiro lugar no Solo Neoclássico masculino Júnior. Além disso, foi o vencedor da pré-seletiva do Prix de Lausanne na América Latina, ocorrida em Córdoba, Argentina, no ano passado.

Fotos: Secti

Com: Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação — Governo de Goiás

Avatar

Este post foi escrito por: Britz Lopes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

Deixe uma resposta