segunda-feira, 17 de junho de 2024

Obra com cara de remendo

 

O pagador de IPTU que passa pela Praça Cívica, em Goiânia (GO), fica certamente indignado. O anel interno foi obstruído em 24 de julho de 2021. A promessa era de que a obra do corredor BRT Norte Sul seria realizada em 75 dias. Agilidade era a palavra de ordem da Prefeitura de Goiânia. Sete meses depois, aquela motivação política sincera de fazer o melhor pela cidade está longe da inauguração. Por lá não há sinal de qualquer atividade em andamento.

Aquela coisa desarrumada não afeta apenas a mobilidade dos veículos. A obra parada tirou o povo da Praça Cívica, espaço primordial de convivência de Goiânia. Isto é péssimo em ano de eleição. O fuá interminável, que cerca o perímetro urbano do poder, deve causar algum desconforto ao governador. A execução do trabalho de engenharia, em qualquer ângulo, tem cara de puxado. O pavimento de concreto foi feito aos pedaços. Está cheio de lacunas e desníveis. Tem lamaçal próprio para hospedar o mosquito da dengue. Parece mais remendo do que obra nova. Além de estar uma imundice.

 

A praça sem povo

Pista única

Berço do mosquito da dengue

Fotos: Marcio Fernandes

Avatar

Este post foi escrito por: Marcio Fernandes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

Deixe uma resposta