quinta-feira, 18 de julho de 2024

OJC à venda

 

Café com Sueli Arantes  —  A venda do Grupo Jaime Câmara (GJC) voltou a movimentar o alto da Serrinha. Quatro anos após a fracassada negociação com Grupo Zahran, que controla as afiliadas da Rede Globo no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, as empresas da família Câmara atraíram a atenção do Grupo Liberal, dono da TV Liberal, afiliada Globo no Pará. A proposta de compra envolve a Rede Anhanguera, os jornais O Popular e Daqui, além das emissoras de rádio do GJC.

 

Valor milionário
O valor do negócio gira em torno de R$ 800 milhões. O empresário Jaime Câmara Júnior pode bater o martelo a qualquer momento.

De fora
Mas este preço não inclui o estacionamento da empresa, que já foi vendido para uma construtora. No espaço vai surgir um condomínio vertical com seis ou mais torres.

 

Ninho tucano
O empresário Zé Garrote, o rei do frango, está sendo sondado pelo PSDB para ser candidato a senador ou governador pela legenda em Goiás. Garrote tem inclinação para a política, mas teme comprometer o andamento dos negócios bilionários que comanda à frente do Grupo São Salvador. Ele fatura mais de R$ 1 bilhão por ano com a exportação de proteína de aves para o Japão e China.

Poderoso chefão
Pedrinho Abrão, ex-deputado federal e empresário do ramo de aviação, é quem dá as cartas nos bastidores da Prefeitura de Goiânia. Ligado a Wanderlei Tavares, capa preta do Republicanos de Brasília, Pedrinho é a voz que prevalece aos ouvidos do supersecretário Arthur Bernardes, o candango que manda e desmanda no Paço Municipal.

Cargo relâmpago
Secretário estadual de Comunicação, o jornalista e publicitário Gean Carvalho tem dito à boca miúda que sua passagem pelo cargo será breve. Ele planeja deixar o governo em meados de abril para voltar ao comando de suas empresas, mas adianta que continuará orientando as ações de comunicação e marketing político do governador Ronaldo Caiado. Carvalho é tio de Daniel Vilela, pré-candidato a vice na chapa de Caiado.

 

Escorpião
O senador Vanderlan Cardoso segue a rotina de traições na política goiana. Agora, ele rompe acordo de apoio à reeleição do governador Ronaldo Caiado, que o respaldou na última eleição para prefeito de Goiânia. Confirmando a fama, Vanderlan vai apoiar o deputado Vítor Hugo, candidato de Bolsonaro ao governo de Goiás.

 

Marconi com Lula?
Apesar das traições e das tentativas de isolá-lo politicamente, o ex-governador Marconi Perillo vai driblando as dificuldades e pode construir uma saída à esquerda. A articulação visa lançá-lo ao Senado em dobradinha com Wolmir Amado para o governo, com José Eliton, agora no PSB, como vice.

Tricas e futricas
A boataria segue solta nos meios políticos, com teorias de conspiração para todos os lados. A última que rolou: Gustavo Mendanha seria candidato a senador na chapa do governador Ronaldo Caiado.

 

Avatar

Este post foi escrito por: Sueli Arantes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

Deixe uma resposta