quinta-feira, 18 de julho de 2024

Shakira desembolsa 17,5 milhões de euros para não ser presa

 

A superestrela colombiana Shakira resolveu seu processo de evasão fiscal com as autoridades espanholas, evitando um julgamento que daria o que falar… e desgastar! A cantora vencedora do Grammy admitiu as acusações contra ela e concordou em pagar o valor devido integralmente e uma multa adicional, de acordo com um comunicado divulgado pela promotoria de Barcelona.

 

Ela pagou um total de 17,5 milhões de euros (19 milhões de dólares), um valor composto pelos impostos devidos mais juros, bem como uma multa de 7,3 milhões de euros (8 milhões de dólares), disse o comunicado. Os promotores pediram uma sentença de mais de oito anos de prisão se Shakira fosse condenada pelas seis acusações de fraude fiscal. Mas o acordo dizia que, em vez de prisão, ela pagaria multas adicionais de cerca de 437 dólares por dia por uma sentença de três anos, ou pouco mais de 470 mil dólares.

 

O processo judicial durou cerca de 10 minutos, durante os quais o juiz anunciou um acordo de última hora apresentado por todas as partes para evitar o julgamento. Shakira foi questionada pelo juiz se ela tinha conhecimento do acordo e das últimas multas acertadas, ao que a cantora respondeu “sim”.

 

Um comunicado divulgado pela equipe de comunicação da cantora logo depois anunciou que seus advogados chegaram a um acordo para encerrar um processo fiscal que abrangia os anos entre 2012 e 2014. Shakira disse em comunicado que “estava pronta para enfrentar o julgamento e defender minha inocência”, mas chegou “à conclusão de que não é um triunfo vencer se o preço é que (eles) roubem tantos anos de vida”.

 

“Tive duas opções: continuar lutando até o fim, tirando a minha paz de espírito e a dos meus filhos, parar de fazer músicas, discos e turnês, sem poder aproveitar minha carreira e as coisas que gosto; ou concordar, encerrar e deixar este capítulo da minha vida para trás, olhando para frente (para o futuro)”, acrescentou.

 

Com: The News

Avatar

Este post foi escrito por: Britz Lopes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

Deixe uma resposta