sábado, 18 de maio de 2024

Sorvete quente, café gelado, amor morno

 

Que tempos são esses?
Medo! Incertezas! Pânico!
O tempo segue sem trégua. Enquanto metade do Brasil chora, a outra metade comemora. A força da superação depende de cada cidadão.

 

Encontrar um motivo para acreditar, depende de inúmeros fatores que podem vir como uma pedra de estilingue, atira pra cima, voa alto e depois cai, mas antes de cair, acorde, a vida não para.

Observe que tens muito mais a agradecer, do que a pedir. Perceba o valor da gratidão. Agradecer dá asas….
Portanto, agradeça, aja e voe!

 

Quando abraçamos as mudanças,
só duas coisas podem acontecer:
Dar certo ou dar errado.

 

A nossa meta é o bem, mas como saber?
No palco de nossa existência, não há um papel reservado a ninguém.
Somos autores com autonomia para escolher.
A escolha foi feita pela maioria.
Que venham os dias, um de cada vez, façamos deles dias de reflexão, pro novo tempo, pro recomeçar em 2023.
A escolha foi e será sempre da maioria.

 

Então vamos manter a fé, coragem e a certeza que isso também passará.
Façamos!
Nós podemos!
“Que o bem vença o mal”.

Avatar

Este post foi escrito por: Noemi Almeida

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

3 comentários em "Sorvete quente, café gelado, amor morno"

Deixe uma resposta