sexta-feira, 12 de abril de 2024

Tel Aviv, a capital da liberdade

 

Única democracia do Oriente Médio, Israel tem em Tel Aviv um exemplo de respeito aos direitos civis do planeta. Por aqui se respira liberdade por todos os lados. Prevalência social de sexo, religião ou raça são coisas superadas neste aglomerado urbano absolutamente vinculado aos valores mais caros dos costumes de autodeterminação e tolerância do século 21.

 

 

Capital do Estado Judeu até 1980, ocasião em que foi substituída por Jerusalém, a cidade é uma joia rara do Mar Mediterrâneo em orla de mais de 8 quilômetros de praia limpa e super segura. Ideal para se passar uns dias de verão no Hemisfério Norte para quem corre atrás de águas cristalinas em excelente infraestrutura urbana composta, entre outras coisas, de sistema viário extraordinário e equipamento cultural diferenciado até para o padrão europeu.

 

 

Tel Aviv é uma obra histórica do início do século 20 e sintetiza o fim da Diáspora dos judeus pelo mundo. Criada a partir da vizinha Jaffa (Yafo, em Hebraico), mais antigo Porto do planeta, com mais de três mil anos de operação, a cidade abriga o maior conjunto de arquitetura Bauhaus  fora da Alemanha. O que há de mais apurado das culturas Ocidental da Europa e do Oriente Médio se funde em Tel Aviv em singular ambiente arrojado e pleno de prosperidade.

 

 

O ideal para hospedagem em Tel Aviv é acomodação nos arredores do Carmel Market ou no Bairro Floretin. Há enormes possibilidades de bares, restaurantes e praias a curta distância a pé, além de visita a Jaffa com ou sem utilização de transporte público. O aeroporto de Tel Aviv fica a 13 quilômetros do centro da cidade e pode ser acessado facilmente de trem em conexão com ótimo serviço de ônibus. Não hesite em pedir informação aos locais. São normalmente prestativos e educados. Sentem muito orgulho em receber o turista estrangeiro nesta sensacional cidade. Não economize no suco de laranja. É o melhor dos cinco continentes.

 

 

Marcio Fernandes é jornalista

Fotos: Marcio Fernandes

Avatar

Este post foi escrito por: Marcio Fernandes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

Deixe uma resposta