quinta-feira, 18 de julho de 2024

Tem filme do Oscar no Cine Cultura

Tem novidade na programação do Cine Cultura, em Goiânia. Estreia na quinta-feira (09/03), o aguardado “Close”, filme da Bélgica, dirigido por Guto Parente e Mi-kyung Oh, indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro. Seguem em cartaz, em novos horários, as produções Perlimps, Mato Seco em Chamas, Sertão Urbano, e Andança – Os Encontros e Memórias de Beth Carvalho.

Já no domingo,12/03, a sala promove um dia especial em que haverá exibições gratuitas dos filmes goianos Vento Seco e MR. Leather, seguido de uma conversa com Daniel Nolasco, diretor de ambos os filmes.

O Cine Cultura funciona no Centro Cultural Marietta Telles Machado, na Praça Cívica, inclusive aos finais de semana.  Os ingressos saem a R$10 (inteira) e R$ 5 (meia) e devem ser adquiridos na própria unidade, apenas em dinheiro.

Confira a programação de 09 a 16/03

De 09 a 11/03
14h – Perlimps (livre)
15h30 – Mato Seco em Chamas (14 anos)
18h20 – Close (12 anos)
20h20 – Curta Goiás: Sertão Urbano (6 min, livre) + Andança – Os Encontros e
Memórias de Beth Carvalho (12 anos)

Dia 12/03
14h – Perlimps (livre)
16h – MR. Leather (18 anos) – entrada gratuita
18h – Vento Seco (18 anos) – entrada gratuita
20h – Conversa com Daniel Nolasco, diretor de “Vento Seco” e “Mr. Leather”.

De 13 a 16/03
14h – Perlimps (livre)
15h30 – Mato Seco em Chamas (14 anos)
18h20 – Close (12 anos)
20h20 – Curta Goiás: Sertão Urbano (6 min, livre) + Andança – Os Encontros e
Memórias de Beth Carvalho (12 anos)

Sinopses

1º – Perlimps (2023, Brasil, livre, 80 min, dir: Alê Abreu)
A jornada de aventura e fantasia de Claé e Bruô, agente-secretos de reinos rivais. Eles precisam superar suas diferenças e unir forças para encontrar os Perlimps, criaturas misteriosas capazes de encontrar um caminho para a paz em tempos de guerra.

2º – Mato Seco em Chamas (2023, Brasil, 14 anos, 153 min, dir: Joana Pimenta e Adirley Queirós)
Combinando documentário com elementos do faroeste e ficção-científica, a ação se passa na Ceilândia, periferia do DF, e tem, ao centro, as irmãs Chitara e Léa, líderes de uma gangue feminina, que rouba óleo de um oleoduto, refina-o, e vende como combustível na favela Sol Nascente. A história do grupo é relembrada na prisão.

3º – Close (2023, Bélgica, 10 anos, 75 min, dir: Guto Parente e Mi-kyung Oh)
A amizade entre os dois meninos de treze anos, Leo e Rémi acaba de repente. Lutando para entender o que aconteceu, Léo procura Sophie, mãe de Rémi.

4º – Andança – os Encontros e as Memórias de Beth Carvalho (2022, Brasil, 12
anos, 107 min, dir: Pedro Bronz)
O filme se debruça no vasto acervo de imagens documentadas por Beth Carvalho, “A Madrinha do Samba”, ao longo dos 53 anos de palcos e pagodes, para traçar um recorte único e íntimo da carreira e vida dessa singular figura da cultura nacional.

5º – MR. Leather (2019, Brasil, 18 anos, 85 min, dir: Daniel Nolasco)
A segunda edição do concurso Mr. Leather Brasil está sendo disputada por Dom PC, Kake, Deh Leather, Maoriguy. O vencedor vai receber a faixa pelas mãos de Dom Barbudo, o primeiro Mr. Leather do país, e terá como tarefa divulgar a cultura do couro durante o próximo ano. O concurso está mexendo com os ânimos da comunidade fetichista gay de São Paulo.

6º – Vento Seco (2021, Brasil, 18 anos, 110 min, dir: Daniel Nolasco)
No mês de julho, o vento seco e a baixa umidade do ar ressecam a pele dos moradores de uma pequena cidade no interior de Goiás. Sandro divide seus dias entre o clube da cidade, o trabalho, o futebol com amigos e as festas locais. Ele tem um relacionamento com Ricardo, seu colega de trabalho. Mas a sua rotina começa a mudar com a chegada de Maicon, um rapaz que desperta o seu interesse e do qual todos sabem muito pouco.

● Curta Goiás: Sertão Urbano (2017, Goiás, livre, 06 min, dir: Larry Machado)
O progresso é mato.

 

Com Secult

Avatar

Este post foi escrito por: Britz Lopes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

Deixe uma resposta