segunda-feira, 17 de junho de 2024

Tik Tok quer virar loja de departamento virtual

 

 

Já tem tempo que o TikTok não quer ser só mais um app de dancinha e vídeos curtos. Agora, a rede social está cada vez mais perto de se tornar uma verdadeira grande loja de departamento virtual.

 

A aposta é no TikTok Shop, a plataforma de e-commerce lançada em setembro nos EUA. A intenção é criar mais uma fonte de receita para além das publicidades.

 

Cada vez mais usuários estão com um recurso novo aparecendo na For You que usa AI — sempre ela — para vender os produtos que aparecem nos clipes.

 

Funciona assim: Você não vai mais precisar perguntar nos comentários de qual loja é um tênis que você achou lindo num vídeo.

 

Isso porque o sistema vai reconhecer que aquilo é um produto e te direcionar para um botão que leva até a loja do próprio TikTok — onde você vai encontrar um igual ou pelo menos parecido.

 

Sonhando grande: Combinando compras online com creators, as metas miram um faturamento de US$ 17,5 bilhões só neste ano com o TikTok Shop.

 

Mas se quiser bater de frente com a Amazon, a “rede vizinha” ainda vai precisar comer muito arroz e feijão para chegar perto dos US$ 513 bilhões em vendas/ano.

 

O TikTok ainda quer transformar grandes estúdios de Los Angeles em centros de transmissão para tirar os influencers do quarto e fazer eles venderem ao vivo.

É como se fosse aquela feira de artesanato da sua cidade, só que cheia de ring lights e luzes de LED.

 

Avatar

Este post foi escrito por: Britz Lopes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

Deixe uma resposta