domingo, 21 de abril de 2024

Uma conversa particular com Noé aos pés do Monte Ararat

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Marcio Fernandes — Prezado Noé, hoje fui até o Monte Ararat para ter uma palestra contigo! Infelizmente, já sabia, a Turquia usurpou da Armênia esta majestosa montanha na qual você deixou tua arca cheia de bichos e um pessoal da tua inteira confiança! Não deu para comparecer ao nosso encontro marcado! Não posso entrar em mais detalhes, pois nunca li a Bíblia! O céu estava bastante nublado e, de acordo com a bússola, vento a Sudoeste trazia nuvens de dilúvio. Não deu também para fotografar os dois picos nevados do Ararat. Só posso te garantir que o vinho das planícies que cobrem este vale sagrado são sensacionais!

 

Eu tenho nada contra o povo turco. Agora, não precisava daquela cerca a 500 metros de Khor Virap, nem das manobras militares provocativas na fronteira! Os armênios sabem da capacidade militar do vizinho. Sabem que a Turquia é 11° poderio bélico do planeta e detém 2° maior efetivo da OTAN. Trata-se de país francamente beligerante, que hoje se ocupa da missão de jogar bombas sobre os apátridas curdos.

 

Prezado Noé, como é do vosso conhecimento, a Turquia é liderada por Recep Tayyip Erdoğan, um sujeito pleno de intenções bonapartistas e super desqualificado! O cara detesta a democracia e aos poucos vem convertendo o país em lugar onde islamismo e poder estatal se fundem para desespero de quem ama a liberdade. Definitivamente, não gosto dele nem da ideia.

 

 

Mas minha conversa contigo não tem muito a ver com atividade política ou fanatismo religioso. Até tem, mas vamos mudar o rumo da prosa! Tá certo que você fez excelente trabalho ao construir a providencial a arca e salvar a bicharada do dilúvio. Foi super positivo! Agora, tem por aqui e em todos lugares uns bichos indesejados, prejudiciais ao ser humano. Cachorros! Meu Deus! Não precisava tê-los socorrido na arca. Devem ter latido à beça, não dado sossego aos presentes e mordido os seus poucos familiares e amigos que pegaram a barca da salvação. É uma crítica mais para construtiva!

 

Próximo tema: Répteis! Por que descolar um lugar na arca para serpentes peçonhentas? É um animal que só causa problemas e ainda tem as cobras criadas do Centrão em Brasília. E o Lula vai dar ou já deu, não estou seguindo o noticiário, aos parasitas o Ministério da Saúde! Eu se fosse você teria deixado essa galera na chuva! Seria um serviço a menos pro pessoal do Instituto Butantã e alívio ao bolso dos pagadores de impostos. Por exemplo, tenho conhecimento de certa Catarina que tem procedimento de cascavel. Resultado: é uma Cascarina em pessoa!

 

 

Vamos falar dos pernilongos! Não precisava dar teto na arca para este ser que não tem utilidade biológica a não ser causar processo alérgico e tirar o sono dos Melo. Meu Médico Particular trabalhou na triagem de quem poderia entrar na arca e garantiu que as muriçocas viajaram clandestinamente.  Vou considerar esta parte!

 

Aqui não tem negativamento, querido Noé! Vamos falar do dragão! Se é verdade que ele esteve na tua arca, o serviço que você fez foi sensacional! Por outro lado, o Atlético Clube Goianiense está devedor contigo! Tá faltando fogo no time, pois grana tem! O pessoal está precisando correr mais atrás da bola! Afonsinho, tem de carteirar estes pernas de pau e mostrar para eles que a torcida tem bala! Aqui vai um positivo antecipado ao Respeita as Cores e ao Bariani Ortencio, os dois maiores atleticanos da América Latina! Eu nomearia Dona Carlota de técnica para promover um freio de arrumação nos setores de defesa, meio de campo e ataque!

 

Chega de falar de bicho! Muita gente se pronunciou que não quer vir para a Armênia! Tá errado! O país é um espetáculo! Hoje conheci a Elya! Linda, alta, espigada! Inglês perfeito! Gentil e muito solícita! Obrigado por ser tão gente fina! Estou muito puto da vida com a incompetência do Banco do Brasil! Sururu, me perdoe a indelicadeza! Beba o melhor vinho da adega!

 

 

Em Yerevan tem uma feira de arte e artesanato que supera tudo que já vi na vida. Os caras sabem trabalhar a prata como ninguém e há rigorosamente nada Made In China! Tem de pechinchar, mas com moderação! Aqui não tem aquela malandragem de marroquino! Depois, como é linda a Praça da República cheia de gente pacífica a apreciar a noite que cai com concerto de música erudita! Vou embora amanhã todo prosa de ter sido tão bem tratado!

 

 

O primeiro positivo vai para Mauro Ivan, que nos matou de rir em entrevista concedida à bybritznews, da qual participei junto com Britz e Marco Antônio!

 

Quero positivar a chaleira do meu quarto! Caraca! Consegui ferver a água da torneira e preparei um chá sensacional de alguma coisa que não sei exatamente!

 

Quero mandar um positivo para o Nilson Gomes! Apesar de tudo, sem mágoas estamos aí!

 

Preciso reeditar o positivamento ao Dr. Ovídio Martins! Vamos mandar ver naquela pendência! Latinório neles!

 

Por fim, positivar meu pai! Obrigado pela extraordinária educação que o senhor me deu! Poucas pessoas tiveram o privilégio de ouvir Martinho da Vila em toca disco Garrard!

 

Texto e fotografias de Marcio Fernandes!

 

A música de hoje é em tua homenagem! Carta ao Tom 74 com Vinícius de Moraes! Pai, estou morrendo de chorar!

Avatar

Este post foi escrito por: Marcio Fernandes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

3 comentários em "Uma conversa particular com Noé aos pés do Monte Ararat"

  • Avatar Heloisa Fitzgerald disse:

    Are candelabro nas barracas da feira de Yerevan. Quero muito ir agora que vc descreveu!

  • Avatar Clara Accioly disse:

    Muito criativo e de inteira legalidade as questões apresentadas em seu diálogo com Noé. Como não emocionar com sei positivo ao seu pai. O reconhecimento e gratidão de um filho sempre nos trás uma emoção forte. Mais uma vez obrigada por partilhar.

Deixe uma resposta