segunda-feira, 17 de junho de 2024

Vai um salgadinho aí? Em Itauçu, um festival só deles

 

Fritos ou assados, recheados com carne bovina, aves, queijo, embutidos, legumes, no formato individual ou em tabuleiros cortados em fatias, sempre quentinhos, os salgadinhos se tornaram um lanche irresistível. Essa fartura exposta nos bares e lanchonetes instalados no perímetro urbano da GO-070 em Ituaçu, também é abundante nos estabelecimentos no centro da cidade, o que caracteriza a identidade gastronômica do município e gera renda para as famílias.

 

 

O 1º Festival Gastronômico Na Rota dos Salgados de Ituaçu vai ocupar a Praça da Prefeitura nos dias 13 e 14 de outubro com vários quiosques de comida, bebida e atrações variadas, com entrada franca. Além dos tradicionais salgados, outras delícias, como rodela de torresmo, pizza de sardinha, sanduíche de carne de lata, tortas caseiras salgadas e doces, queijos, mel, doce de frutas em compotas, doce de leite mole e duro, frios e vinho, sucos, chope artesanal e bolinho de cevada serão ofertados.  O “Grosope” um prato a base de arroz com tudo dentro, exclusivo da cozinha itauaçuense, vai pra mesa. A receita nasceu durante uma pescaria entre amigos, foi para as casas e ganhou o cardápio das festas. Hoje faz parte da cultura alimentar de Itauçu.

 

 

O Festival será palco para o lançamento de novas iguarias ofertadas pelos empreendedores parceiros. Nas cozinhas das lanchonetes, além do ritmo frenético diário, as atenções também se voltam para a criação de novos petiscos. A produção coletiva da Cooperita- Itamel e da Associação de Micros e Pequenos Produtores Rurais de Santo Amaro, também vão para os quiosques da praça.

 

Aula show com os renomados chefs de cozinha Junior Marinho e Mariana Rodrigues, com criações sugestivas, dicas de preparo, apresentação de receitas autorais, numa celebração da cozinha goiana. Tudo ancorado pelos jornalistas Johnathan Moreira e Suelen Reis. Ainda no quesito capacitação, aos profissionais do setor de alimentação fora do lar estarão disponibilizados cursos, na Carreta da Panificação do Senai, instalada na praça do festival.

 

O Grosope: famoso arroz com tudo é exclusivo da cozinha local

 

Manifestações artísticas e culturais vão dar ritmo à festa gastronômica, com a chegada da folia de reis, a dança da catira e das congadas. Exposição de arte e artesanato. Talentos locais da música vão subir ao palco dividindo espaço com artistas consagrados. Na programação tem Movimento Gospel, voz e violão com Marcos Nunes, Wesley Nunes canta Zé Ramalho e a banda The Band! O cantor Pádua faz show na sexta feira e a Banda Falamansa fecha o evento no sábado.

 

 

Realizar um conjunto de ações que agregam e fomentam a cadeia produtiva da gastronomia é um dos objetivos do projeto. Segundo o prefeito Clayton Melo, o festival gastronômico significa uma oportunidade de colocar Itaucú no cenário nacional como a capital goiana do salgado, “ser visto significa facilitar investimentos e viabilidade para os empreendedores que acreditam no município”, conclui.

 

 

O projeto tem o patrocínio da empresa Milhão Ingredients por meio do Programa de Incentivo à Cultural, lei Goyazes, apoio do SENAI, SICOOB Centro Oeste Br, Sistema OCB/GO e Câmara Municipal de Ituaçu. O Festival Gastronômico Na Rota dos Salgados valoriza os empreendedores, produtores de alimentos, cozinheiros e salgadeiros e incentiva o desenvolvimento econômico, cultural e turístico do município. Contribui na divulgação da culinária local e no fortalecimento da identidade gastronômica. A iniciativa dá visibilidade e leva o município de Ituaçu a integrar o Circuito dos Festivais Gastronômicos do Estado de Goiás

 

  

Serviços:

Assunto: 1º Festival Gastronômico Na Rota do Salgados de Ituaçu

Quando: 13 e 14 de outubro de 2023 (sexta-feira e sábado)

Horário: Das 17 às 24horas

Onde- Praça da Prefeitura de Itaucú – GO

Maiores informações:  99116 1313 / Sérgio Moreira Fernandes – Secretário de Indústria e Comércio de Ituaçu

 

Com: Sônea Stival

Avatar

Este post foi escrito por: Britz Lopes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

Deixe uma resposta