sábado, 18 de maio de 2024

XI Festival Interamérica de Música acontece dia 28

Ianka Cândida Tomé – 1 lugar na categoria releitura e melhor voz, em 2022

 

Faltam poucos detalhes para a final do XI Festival Interamérica de Música. O evento, que já revelou grandes talentos da música jovem em Goiânia, acontece no próximo dia 28, a partir das 19h, no Teatro Interamérica, na Unidade Bueno (Rua T-30, 2.455). Como no ano passado – e devido à grande procura –, o festival terá transmissão ao vivo pelo canal oficial da Escola Interamérica, no Youtube (endereço no final da matéria). Uma estrutura com quatro câmeras e qualidade profissional de imagem e som, mostrará todos os ângulos do espetáculo para ninguém perder nenhum detalhe e torcer pelo candidato preferido.

 

Este ano foram 52 estudantes inscritos e 21 selecionados para participar, entre cantores-solo, duplas e bandas, indicados em duas categorias. Os primeiros fazem parte da categoria Kids, que compreende estudantes do 3º ao 5º anos; e o segundo grupo é o da categoria Teens, que reúne estudantes do 6º ao 9º ano. A idade dos alunos varia de 8 a 15 anos. O show do intervalo deste ano será com a apresentação do músico Rossete e da ex-aluna Maria Eduarda de Almeida Paiva. O festival não tem restrições a estilos ou gêneros musicais, sendo que as letras das músicas devem ser escritas em português, inglês ou espanhol, e cantadas e/ou executadas ao vivo.

 

 

Um experiente júri, formado por convidados da comunidade artística goianiense, vai escolher os vencedores em cada categoria. Além dos prêmios de primeiro, segundo e terceiro lugares, os participantes vão concorrer a prêmios especiais, como melhor voz, melhor músico, melhor performance e menção honrosa. Farão parte do júri: o músico e professor da Rádio Interação Paulo Andrade (presidente), o empresário da noite Rodrigo Carrilho, o músico e empresário Elmar Santana Júnior, o pianista e musicólogo Robervaldo Linhares Rosa e o músico e produtor cultural Raphael Veiga.

 

O Festival tem como objetivo proporcionar a interação entre os estudantes, a descoberta de novos talentos musicais, estimular a criação musical e o desenvolvimento de múltiplas habilidades, além de estimular a expressão artística através da música. “Ano após ano o festival cresce em número de participantes, em qualidade e em envolvimento, tanto dos estudantes e ex-estudantes, como das famílias e amigos que formam sempre plateias entusiasmadas, lotando o Teatro Interamérica de alegria e compartilhamento de energia positiva”, relata Vera Lobo, diretora pedagógica da escola. “Com a transmissão ao vivo pela live no canal da escola, o festival não fica restrito ao espaço físico do teatro e ganha o mundo através da internet”, comemora ela.

 

Novos talentos e habilidades – Além de descobrir seus próprios talentos, um dos objetivos do Festival Interamérica de Música é dar aos estudantes a oportunidade de desenvolver habilidades de comunicação com o público. “Ao subirem num palco, eles aprendem a lidar com a timidez e controlar as emoções”, constata Flaviane Montes, coordenadora pedagógica da escola e apresentadora do festival. “De quebra, aprendem ainda a trabalhar de maneira colaborativa com os demais profissionais envolvidos na preparação dos candidatos e do espetáculo”, completa Carlos Alberto Filho, coordenador pedagógico e também apresentador.

 

 

O outro ponto levado em consideração é o respeito ao concorrente, habilidades e experiências que serão úteis em vários campos da vida pessoal e profissional dos alunos. Enquanto atividade pedagógica da escola, o festival acaba tendo o papel de abrir as portas de um mundo novo para alguns estudantes. A Interamérica é a escola do Brasil que tem a maior quantidade de estudantes que já passaram pelo programa de TV The Voice Kids, da Rede Globo. “Apesar de não ser este o nosso objetivo, o fato mostra a importância e o poder transformador do festival na vida dos nossos alunos”, destaca Flaviane.

 

O Festival Interamérica de Música já lançou nomes e lapidou muitos talentos que ficaram conhecidos nacionalmente. Alguns deles já têm carreira na música e seguem pela estrada, como é o caso da ex-aluna e hoje cantora Mariana Fróes. Outros nomes que ganharam destaque no país são Sophia Valenzuela, João Henrique Junqueira, Guilherme Marques e Victor Hugo Mendes Fernandes. Todos tiveram suas carreiras iniciadas no palco do Festival Interamérica de Música.

 

O XI Festival Interamérica de Música é um momento de valorização da arte e da música, que é uma das marcas registradas da Escola Interamérica em 26 anos de história, cada vez mais rompendo barreiras, humanizando o ensino, preparando crianças e adolescentes para a vida e conectando a sala de aula com o mundo.

 

SERVIÇO:

ASSUNTO: XI Festival Interamérica de Música

DATA: Sábado, 28 de outubro de 2023, a partir das 19 horas

LOCAL: Teatro Interamérica, na Unidade Bueno (Rua T-30, n.º 2.455)

COMO PARTICIPAR: Transmissão ao vivo pelo canal oficial da Escola Interamérica, no Youtube (https://www.youtube.com/c/escolainteramericago)    

Avatar

Este post foi escrito por: Britz Lopes

As opiniões emitidas nos textos dos colaboradores não refletem necessariamente, a opinião da revista eletrônica.

Deixe uma resposta